Galeria Artistas

alexandria

Alexandria (Alex Simões Ferreira) , nasceu em 1978. Começou os seus trabalhos artísticos em 1990, usando madeira, pedra sabão e metal, sob orientação do seu pai, o escultor Simões.

Durante vários anos exibiu as suas obras na feira do artesenato de Maputo e mais tarde em exposições colectivas e individuais e também por ocasião de conferências sobre arte e outros eventos culturais.

É membro do Núcleo de Arte em Maputo e de LATTICE (associação que liga professores de varias áreas educacionais) nos Estados Unidos. Tem as suas obras representadas em várias colecções públicas e privadas em Moçambique e no estrangeiro.

Exposições
  • 1996 - Museu Nacional de Arte - Maputo
  • 1997 - Comissão Nacional de UNESCO - Maputo
  • 1998 - Sindicato Nacional de Jornalistas, Centro Cultural Português, Shanty Craft, Centro de Estudos Brasileiros, Casa da Cultura -Maputo
  • 1999 - Francofonia, Centro Cultural Franco Moçambicano, Museu Nacional de Arte- Maputo
  • 2000 - FUNDAC, Conselho Municipal, Shanty Craft, Centro Cultural Franco Moçambicano, Núcleo de Arte – Maputo, Museu & Galeria Chissano - Matola
  • 2001 - Museu & Galeria Chissano- Matola, Centro Franco Moçambicano – Maputo, Bienal TDM -Museu Nacional de Arte , Centro de Estudos Brasileiros –Maputo
  • 2002 - Fortaleza de Maputo, Museu& Galeria Chissano- Matola, Richarsbau Festival- Africa do Sul/ South Africa
  • 2003 - Exposição individual/ solo exhibition – Banco Comercial de Investimento, Maputo, Centro Cultural do Banco de Moçambique-Matola, Exposição triangula com artistas Simione e Viller, Vermont, USA
  • 2004 - Banco de Moçambique- Matola, Centro de Estudos Brasileiros – Exposição em honra do Presidente do Brasil Lula da Silva / Exhibition in hounour of Brasilian President Lula da Silva, MOZAL- 2ª Fase de expansão/second phase expansion , Associação Fotografica de Moçambique – Victimas das Cheias 2004
  • 2005 - Exposição semi colectiva com o artista Simione Michigan, USA; Museu Histórico
  • 2006 - Exposição novos talentos com o artista Simione, Museu & Galeria Chissano, Matola
  • 2007 - Exposição individual
Exposição colectiva
  • BCI Fomento , Núcleo de Arte – Maputo
Eventos Culturais
  • 1998 - Leilão “ Em memória do artista Bento Carlos Mukeswane” - Maputo
  • 2000 - Workshop com grupo Finlandês “ Projecto Finlambique”- Maputo
  • 2001 - Workshop, Museu& Galeria Chissano - Matola
  • 2003 - Workshop com artistas Penicela, Simione e Nhamundwa Mathe, Meseu & Galeria Chissano-Matola
  • 2004 - Workshop co artistas Simione e Viller, Open Studio, New York, USA Residence Program Workshop, Vermont Studio Centre, USA, Workshop “Em memoria do Mestre Chissano, Museu & galleria Chissano - Matola
  • 2005 - African Week, Michigan State University, USA, Exposições e palestras em escolas e na Universidade de Michigan, Presentation for International Speaker Bureau, Haslett Highschool, Michigan
  • 2006 - Organizado o festival “ Novo encontro com raízes culturais” com artista Penicela, Museu & Galeria Chissano, Matola
  • 2007 - Workshop “Relembrando Mestre Chissano”, Museu& Galeria Chissano - Matola
Berry

Berenice, Josephine Bickle, Berry Bickle nasceu em Bulawayo, Zimbabwe em 1959.

Educação - Colégio Técnico de Durban: Diploma Nacional em Belas Artes (Menção honrosa). Diploma Superior em Belas Artes (Menção honrosa). Universidade de Rhodes - Mestrado em Belas Artes, Prático (Menção honrosa). Berry vive e trabalha em Maputo.

Exposições Seleccionadas

  • 2008 - Maputo, Cerâmica Contemporânea, Galeria Nacional Zimbabwe, Harare, como quiser curadoria exposições Joanesburgo Art Fair, Animais - Caracterização e Representação, Museu Nacional de Arte, Maputo
  • 2007 - Africano Encontros de Fotografia, Bamako, Circumnavigating o Globe Palais des Beaux Arts em Bruxelas, Joanesburgo África Remix Galeria de Arte, A tela olho, Casino Luxemburgo Fórum d'Art Contemporain Luxemburgo, Sombra Obras Bienal Internacional de Artes de la Marionnette, Le Teatro de la Cité Internacional de Paris
  • 2006 - "Corpo de provas" Instituto Smithsonian Museu Nacional de Arte Washington Africano, "Notas para o lar" O Drill Hall Joanesburgo: "Dak'Art", 7. Biennale de l'Art Contemporain africain, Dakar Senegal, "Africa Remix, Mori Museu de Arte Tóquio, "sans Histoire des Hommes" Museu das Artes Derniers Paris
  • 2005 - África Remix Secção Body and Soul Hayward Gallery Londres; Africaurbris, Musée des Arts Derniers, Paris, Transitions, Brunei Galeria SOAS Londres, Texturas, Smith sonian Instituto Nacional Africano Museu de Arte Washington, 30 anos, Delta Gallery, Harare, África Remix, Secção Body and Soul, Centre Pompidou, Paris
  • 2004 - Africa Remix, Museum Kunst Palast Dusseldorf; Passo Dentro, Tapfuma Gutsa Benoit Piret, Ndenga Bato, Ghert Van der Borght, Galeria Dieleman, Visões do Zimbábue, Manchester City Gallery, Les Afriques, Musée des Arts Derniers, Paris, Livre - ondas Video Festival Los Angeles
  • 2003 - Face a Face com o Zimbabué, Harare HIFA Galeria Nacional, aqui e ali com Benoit Piret, Galeria Dieleman, Bélgica, Brasil Vídeo, São Paulo video art festival
  • 2002 - Dak'Art 2002, exposições individuais, mito, memória e conceito; Kakuyo "entre uma rocha e um lugar muito distante" com Tapfuma Gutsa Galeria Dieleman, Bélgica, África: O Artista e da cidade: uma viagem e uma Exposição, Barcelona, Espanha
  • 2001 - El tiempo de África, Centro Atlântico de Arte Moderno, Gran Canaria "Siyaphambili
  • 2000 - "National Gallery, Harare, Arte dans le Monde, Paris
  • 1999 - Artistas contra as minas terrestres, o Centro Cultural Franco Moçambicano, Maputo; vídeo World Festival, Fundação Gates, Amsterdam, Artistas contemporâneos de Zimbábue, Pierre Galeria de Paris; Mulheres na Arte Africano, Viena
  • 1996 - Década de MBCA-Award Winners, National Gallery, Harare
  • 1995 - Joanesburgo Africus Bienal, na estrada, africa'95, Londres
  • 1993 - Zimbábue / Tanzânia: artistas contemporâneos, Helsínquia
casimiro langa

Casimiro Naftal Langa nasceu em 1982 em Maputo, numa familia de escultores e discípulo do seu pai, Naftal Langa. Em 1990, começa a fazer escultura no atelier do seu Pai.

Esteve envolvido em projectos de formação para crianças e jovens na área da escultura. Pretende continuar os seus estudos em belas artes.

Exposições colectivas

  • 1999 - Galeria do Aeroporto de Maputo
  • 2001 - “ Descoberta” Casa da Cultura do Alto Maé
  • 2007 - Núcleo de Arte , Maputo
  • 2007 - Centro de Estudos Brasileiros, Maputo
  • 2008 - Artsanbique, Maputo

Exposições individuais

  • 2004 - Instituto Cultural Moçambique - Alemanha, Maputo
  • 2008 - Artsambique

Prémios

  • 2008 - “ 3º Prémio - Exposição Conselho Nacional de Juventude
ciro jorge pereira

Ciro Jorge Pereira nasceu em 1957 na Cidade do Porto, Portugal. Iniciou a sua actividade como artista gráfico em 1975.

Trabalhou no atelier “ Praxis” até 1977 e na empresa “ Dimensão 6” até 1980.
Frequentou o Curso de Formação Artística da Sociedade Nacional de Belas Artes de Lisboa (1977/79), e em paralelo dedica-se a actividades musicais como excutante de violino.

Reside em Moçambique desde 1980. Trabalhou em design no Ministério da Indústria e Energia (1980/82), Ministério da Informação / Intermark (1982/84), Secretaria de Estado de Hidráulica Agrícola (1986/93), onde fundou e dirigiu a empresa Grafigest-Serviços Técnicos e Informática, na empresa Graphic (1994/96), dedicando-se também à pintura, cenografia e animação cultural. Continua a sua actividade musical como
membro do agrupamento “ Milho Rei”.

É membro da Associação dos Músicos Moçambicanos. É membro fundador da Kulungwana - Associação para o Desenvolvimento Cutural. Desde 1998 ministra o Curso de Iniciação ao Violino da Comissão para a UNESCO, em Maputo. Foi membro da Comissão Organizadora do Curso Superior de Música da Escola de
Comunicação e Artes da UEM, onde presentemente é professor de “instrumento principal - violino”. Integrou o grupo de professores de música do programa televisivo “ Fama Show 2005”, assumindo as aulas de “ performance”.

Exposições

Efectuou seis Exposições Individuais e participou em mais quarenta Exposições Colectivas. Está representado em colecções públicas e privadas em Moçambique, Portugal, EUA, Zimbabwe e África do Sul.
Obteve o Primeiro Prémio de Pintura MUSART/TDM - Exposição Colectiva Anual no Museu Nacional de Arte/Telecomunicações de Moçambique 1997 (ex-aequo), em Maputo, Moçambique.

Desde 1997 trabalha no Instituto Camões - Centro Cultural Português, em Maputo, desempenhando actualmente as funções de Assessor para Artes e Animação Cultural. Foi Vice - Presidente do Núcleo de Arte, em Maputo, entre 2005 e 2007.

Exposições Individuais

  • 1993 - “ Melomania” Associação Moçambicana de Fotografia,Maputo
  • 1994 - Associação Moçambicana de Fotografia
  • 1996 - “ Janela do Sonho” - Associação de Moçambicana de Fotografia, Maputo
  • 1997 - “Dimensões Insuspeitas” - Instituto Camões - Centro Cultural Português, Maputo
  • 2000 - “16 Acrílicos s/tela” - Associação Moçambicana de Fotografia, Maputo
  • 2007 - “ Entre o céu e o mar” - Instituto Camões - Centro Cultural Português , Beira