» Galeria » 2016 » KULUNGWANA - 10 ANOS

No Coraçâo da Polana

No Coraçâo da Polana
KULUNGWANA - 10 ANOS

KULUNGWANA - 10 ANOS

Para celebrar os 10 Anos da Kulungwana terá lugar no dia 1 de Dezembro, pelas 18 horas, na Galeria Kulungwana, sita na Estação Central dos CFM, a inauguração da exposição “Kulungwana – 10 Anos” e uma homenagem aos patrocinadores e colaboradores que ao longo dos anos têm apoiado a Kulungwana. A exposição reúne obras de artistas plásticos que, ao longo da existência da associação, participaram em exposições e outras iniciativas culturais realizadas pela Kulungwana.

A KULUNGWANA – ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO CULTURAL foi formalmente constituída em Maio de 2006, tendo como objectivos gerais a divulgação do conceito “Cultura” em todas as suas vertentes, dirigindo a sua acção à protecção e divulgação da cultura moçambicana a nível nacional e internacional. Dois anos mais tarde, em 2008, a KULINGWANA abriu a sua galeria na Estação Central dos CFM, em Maputo, com o objectivo de promover e divulgar a produção artística nacional e estrangeira.

Nos dez anos da sua existência, a KULUNGWANA realizou mais de 300 eventos culturais, entre exposições de artes plásticas, com a presença de artistas nacionais e estrangeiros, concertos de música clássica, edições de carácter cultural, constituição de uma orquestra juvenil, promoção de intercâmbios culturais e promoção de parcerias com outras associações culturais, tanto na cidade de Maputo, como em outras capitais provinciais e mesmo além fronteiras. A KULUNGWANA tornou-se assim num interveniente activo na vida cultural nacional, ao promover os artistas moçambicanos, estimulando o melhor da criatividade nacional. Para a realização de todas estas actividades, a KULUNGWANA contou sempre com o apoio e a disponibilidade de patrocinadores, tanto ao nível da iniciativa privada como entre as representações diplomáticas acreditadas no país.

Para assinalar esta importante efeméride, a KULUNGWANA organiza um conjunto de eventos, de que se destaca uma exposição colectiva de artes plásticas, onde estarão presentes um grupo amplamente representativo de artistas que ao longo deste período tem participado nas diversas iniciativas da associação, tornando-se esta também num momento privilegiado de convívio entre artistas, patrocinadores e o público que tem estado sempre presente nas suas actividades.

Na mesma ocasião será ainda lançada uma serigrafia assinada, em tiragem limitada, do artista plástico Silvério Sitoe, alusiva aos 10 anos da Kulungwana.

No dia 2 de Dezembro as 19h30 no Teatro Scala haverá um concerto (entrada livre) da Orquestra e Coro Xiquitsi.

Nesta efeméride a Kulungwana recorda com saudade o seu membro fundador e primeiro Presidente da Assembleia Geral, o Mestre Malangatana.

Para celebrar os 10 Anos da Kulungwana terá lugar no dia 1 de Dezembro, pelas 18 horas, na Galeria Kulungwana, sita na Estação Central dos CFM, a inauguração da exposição “Kulungwana – 10 Anos” e uma homenagem aos patrocinadores e colaboradores que ao longo dos anos têm apoiado a Kulungwana. A exposição reúne obras de artistas plásticos que, ao longo da existência da associação, participaram em exposições e outras iniciativas culturais realizadas pela Kulungwana.

A KULUNGWANA – ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO CULTURAL foi formalmente constituída em Maio de 2006, tendo como objectivos gerais a divulgação do conceito “Cultura” em todas as suas vertentes, dirigindo a sua acção à protecção e divulgação da cultura moçambicana a nível nacional e internacional. Dois anos mais tarde, em 2008, a KULINGWANA abriu a sua galeria na Estação Central dos CFM, em Maputo, com o objectivo de promover e divulgar a produção artística nacional e estrangeira.

Nos dez anos da sua existência, a KULUNGWANA realizou mais de 300 eventos culturais, entre exposições de artes plásticas, com a presença de artistas nacionais e estrangeiros, concertos de música clássica, edições de carácter cultural, constituição de uma orquestra juvenil, promoção de intercâmbios culturais e promoção de parcerias com outras associações culturais, tanto na cidade de Maputo, como em outras capitais provinciais e mesmo além fronteiras. A KULUNGWANA tornou-se assim num interveniente activo na vida cultural nacional, ao promover os artistas moçambicanos, estimulando o melhor da criatividade nacional. Para a realização de todas estas actividades, a KULUNGWANA contou sempre com o apoio e a disponibilidade de patrocinadores, tanto ao nível da iniciativa privada como entre as representações diplomáticas acreditadas no país.

Para assinalar esta importante efeméride, a KULUNGWANA organiza um conjunto de eventos, de que se destaca uma exposição colectiva de artes plásticas, onde estarão presentes um grupo amplamente representativo de artistas que ao longo deste período tem participado nas diversas iniciativas da associação, tornando-se esta também num momento privilegiado de convívio entre artistas, patrocinadores e o público que tem estado sempre presente nas suas actividades.

Na mesma ocasião será ainda lançada uma serigrafia assinada, em tiragem limitada, do artista plástico Silvério Sitoe, alusiva aos 10 anos da Kulungwana.

No dia 2 de Dezembro as 19h30 no Teatro Scala haverá um concerto (entrada livre) da Orquestra e Coro Xiquitsi.

Nesta efeméride a Kulungwana recorda com saudade o seu membro fundador e primeiro Presidente da Assembleia Geral, o Mestre Malangatana.

Para celebrar os 10 Anos da Kulungwana terá lugar no dia 1 de Dezembro, pelas 18 horas, na Galeria Kulungwana, sita na Estação Central dos CFM, a inauguração da exposição “Kulungwana – 10 Anos” e uma homenagem aos patrocinadores e colaboradores que ao longo dos anos têm apoiado a Kulungwana. A exposição reúne obras de artistas plásticos que, ao longo da existência da associação, participaram em exposições e outras iniciativas culturais realizadas pela Kulungwana.

A KULUNGWANA – ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO CULTURAL foi formalmente constituída em Maio de 2006, tendo como objectivos gerais a divulgação do conceito “Cultura” em todas as suas vertentes, dirigindo a sua acção à protecção e divulgação da cultura moçambicana a nível nacional e internacional. Dois anos mais tarde, em 2008, a KULINGWANA abriu a sua galeria na Estação Central dos CFM, em Maputo, com o objectivo de promover e divulgar a produção artística nacional e estrangeira.

Nos dez anos da sua existência, a KULUNGWANA realizou mais de 300 eventos culturais, entre exposições de artes plásticas, com a presença de artistas nacionais e estrangeiros, concertos de música clássica, edições de carácter cultural, constituição de uma orquestra juvenil, promoção de intercâmbios culturais e promoção de parcerias com outras associações culturais, tanto na cidade de Maputo, como em outras capitais provinciais e mesmo além fronteiras. A KULUNGWANA tornou-se assim num interveniente activo na vida cultural nacional, ao promover os artistas moçambicanos, estimulando o melhor da criatividade nacional. Para a realização de todas estas actividades, a KULUNGWANA contou sempre com o apoio e a disponibilidade de patrocinadores, tanto ao nível da iniciativa privada como entre as representações diplomáticas acreditadas no país.

Para assinalar esta importante efeméride, a KULUNGWANA organiza um conjunto de eventos, de que se destaca uma exposição colectiva de artes plásticas, onde estarão presentes um grupo amplamente representativo de artistas que ao longo deste período tem participado nas diversas iniciativas da associação, tornando-se esta também num momento privilegiado de convívio entre artistas, patrocinadores e o público que tem estado sempre presente nas suas actividades.

Na mesma ocasião será ainda lançada uma serigrafia assinada, em tiragem limitada, do artista plástico Silvério Sitoe, alusiva aos 10 anos da Kulungwana.

No dia 2 de Dezembro as 19h30 no Teatro Scala haverá um concerto (entrada livre) da Orquestra e Coro Xiquitsi.

Nesta efeméride a Kulungwana recorda com saudade o seu membro fundador e primeiro Presidente da Assembleia Geral, o Mestre Malangatana.